Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2021

6 dicas essenciais para garantir a segurança na casa dos idosos

Muitas vezes um idoso morando sozinho pode ser motivo de preocupação para a família.  Principalmente porque o número de acidentes domésticos com pessoas de mais de 65 anos é relevante, a recuperação lenta e os danos podem ser permanentes. Dados do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into), do Ministério da Saúde, indicam que, a cada três indivíduos com mais de 65 anos, um sofre uma queda anualmente e que, a cada 20 idosos que caíram, ao menos um sofre uma fratura ou necessita de internação. Por isso é de extrema importância que o lar deles esteja adaptado para evitar acidentes e, principalmente, para que eles possam viver com mais segurança e autonomia. Confira 6 dicas de cuidados essenciais para facilitar a vida, a saúde e a integridade física deles: - Maçanetas do tipo alavanca são as mais indicadas Alguns tipos de maçaneta dificultam a abertura da porta ou necessitam de lubrificação constante para funcionar corretamente. Os idosos tendem a perder as forças nas mãos e at

IGP-M de novembro desacelera e fica estável

Após alta de 0,64, em outubro o Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) avançou 0,02% em novembro. O resultado ficou abaixo do piso da pesquisa Projeções Broadcast, que indicava alta de 0,15% para o indicador. A inflação acumulada em 12 meses pelo IGP-M desacelerou de 21,73% para 17,89%, também abaixo do piso da pesquisa Projeções Broadcast, de 18,04%, a mediana era de 18,24%. De acordo com a Fundação Getúlio Vargas (FGV), o principal responsável por essa desaceleração foi o recuo no preço das commodities, alguns itens do Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA-M) sofreram deflação, após a alta de outubro. Com o resultado de novembro, o IGP-M acumulado em 12 meses fica abaixo de 20% pela primeira vez desde setembro de 2020 (17,94%). O índice acumula alta de 16,77% em 2021. Entenda como funciona o reajuste do aluguel De acordo com a Lei do Inquilinato (Lei 8.245/91), é permitido reajustar o valor do aluguel uma vez por ano, tanto para imóveis residenciais, quanto para comerciais. Esta

Síndico é obrigado a denunciar violência doméstica em condomínios

  A partir do dia 15 de Novembro entrou em vigor no estado de São Paulo a lei que obriga os síndicos ou administradores a denunciarem violência doméstica em condomínios residenciais ou comerciais. Os condomínios deverão comunicar à delegacia da mulher - ou ao órgão de segurança pública - quando houver nas unidades condominiais ou nas áreas comuns, indícios de episódios de violência doméstica e familiar contra mulheres, crianças, adolescentes e idosos. Segundo a lei os casos de violência devem ser informados às autoridades de imediato, via telefone, site ou aplicativo, identificando a vítima e o agressor, se possível. Se o caso já tiver ocorrido, a comunicação pode ser por escrito, dentro de 24 horas. A lei também determina que o condomínio divulgue as novas diretrizes com cartazes e placas nas áreas comuns. Apesar da obrigação do relato estar incumbida ao síndico é dever de todos os condôminos denunciarem, caso percebam discussões, agressões físicas ou verbais e comportamentos