Pular para o conteúdo principal

6 dicas essenciais para garantir a segurança na casa dos idosos



Muitas vezes um idoso morando sozinho pode ser motivo de preocupação para a família. 

Principalmente porque o número de acidentes domésticos com pessoas de mais de 65 anos é relevante, a recuperação lenta e os danos podem ser permanentes.

Dados do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into), do Ministério da Saúde, indicam que, a cada três indivíduos com mais de 65 anos, um sofre uma queda anualmente e que, a cada 20 idosos que caíram, ao menos um sofre uma fratura ou necessita de internação.

Por isso é de extrema importância que o lar deles esteja adaptado para evitar acidentes e, principalmente, para que eles possam viver com mais segurança e autonomia.

Confira 6 dicas de cuidados essenciais para facilitar a vida, a saúde e a integridade física deles:

- Maçanetas do tipo alavanca são as mais indicadas

Alguns tipos de maçaneta dificultam a abertura da porta ou necessitam de lubrificação constante para funcionar corretamente. Os idosos tendem a perder as forças nas mãos e até atividades corriqueiras se tornam mais difíceis. 

As alavancas não requerem tanto esforço para serem acionadas, por isso são as melhores opções.

- Móveis com pontas arredondadas

Objetos com quinas em ângulo reto não são adequados para a moradia de quem tem mais idade. Para evitar lesões, escolha móveis de pontas arredondadas para decorar o ambiente ou coloque proteções nas pontas de mesas e outros objetos que podem oferecer risco.

- Fios devem estar fixos às paredes

Não é incomum que, sobretudo em escrivaninhas nas quais há um computador ou móveis em que há uma televisão, fios e cabos fiquem espalhados pelo chão. O problema é que, quando não enxergamos tão bem e temos menos controle sobre nossos movimentos, é fácil se enroscar nesses fios e acabar tropeçando.

Portanto, sempre que possível, fixe os fios nas paredes com a ajuda de canteiras ou até mesmo de fitas isolantes. O importante é deixar o chão livre de obstáculos.

- O banheiro adaptado

O banheiro é outra área de risco, já que os azulejos lisos e molhados facilitam, e muito, as quedas inesperadas.

Para prevenir acidentes graves — pensando que, devido ao tamanho reduzido do cômodo, cair pode significar também bater em lugares como a pia, o vaso sanitário ou mesmo o vidro do boxe — providencie alguns tapetes de borracha que podem ser fixados ao chão para evitar que o piso se torne muito escorregadio.

Não se esqueça também de fazer as devidas adaptações para que seja possível usar o banheiro com mais segurança: coloque barras de apoio na parte de dentro do boxe, assim como ao lado da pia e do vaso sanitário. Outra opção é adaptar, dentro do boxe, um banco impermeável ou uma banqueta para banho com pés antiderrapantes.

Outra mudança positiva é elevar o assento do vaso sanitário, já que flexionar menos as pernas dá mais estabilidade ao idoso e ajuda na hora de se levantar.

- Atenção à iluminação

Instale interruptores próximos da cama, das portas e sofás. Dessa maneira será mais fácil quando eles precisarem levantar no meio da noite. Um abajur de cabeceira também é um grande auxílio.

– Telefones de emergência

Coloque em lugar bem visível os principais contatos a quem os idosos devem ligar caso precisem. O telefone dos filhos e netos, da Polícia Militar, dos bombeiros, dos serviços móveis de saúde (como o SAMU) ou mesmo de vizinhos que possam ajudá-los.

Ao adotar os estes cuidados, você pode ter mais tranquilidade para atender seus compromissos na certeza de que o seu ente querido estará em segurança. 

Dessa forma, ele também se sentirá mais independente e confiante para fazer as coisas sozinho, sem a sensação de estar tomando tempo dos familiares ou amigos. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Locador e locatário acertando as contas com o leão

O Imposto de Renda sobre aluguel é um tema que costuma gerar dúvidas e até erros na hora da declaração. É preciso ter muita atenção, pois a informação errada ou faltante pode causar sérios problemas, levando o contribuinte a cair na malha fina. Os aluguéis devem ser obrigatoriamente informados na Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física (DIRPF) de ajuste anual com base no valor dos aluguéis recebidos, que são refletidos nos informes de rendimentos fornecidos pela imobiliária no contrato de locação. O locador que  recebeu aluguel mensal no limite da isenção do Imposto de Renda também deve declarar. Isso é necessário porque esses valores serão contabilizados na renda total para calcular o valor de uma possível restituição. O pagamento do tributo é de responsabilidade do locador, quando o locatário for pessoa física. É importante que você esteja atento. Já que este ano a regra do Imposto de Renda estabelece que apenas o valor líquido do aluguel será tributado. Despesas como IPTU (Impo

12 opções gastronômicas em Moema para todos os paladares

Moema é uma região bem conhecida por abrigar ótimos estabelecimentos que oferecem uma grande variedade gastronômica aos seus moradores e aos visitantes, não há espaço para mesmice.  Selecionamos 12 lugares do bairro com sugestões diversas: da cerveja à sobremesa. Veja algumas opções e pense em como seria bom poder frequentar esses ambientes sem ter que fazer grandes deslocamentos: Fuego Celeste Parrillada: Casa de carnes com cortes uruguaios individuais, clima familiar e recentemente inaugurada no bairro, Av. Jacutinga, 365; Sí Señor: Restaurante de culinária texana e mexicana com opções veganas e menos calóricas, na Al. Jauaperi, 626; Baccio di Latte: A rede que recentemente chegou como opção de varejo em diversas cidades do Brasil, mantém suas lojas físicas intactas. Sorvetes de frutas, cremosos ou veganos, uma das sorveterias mais conhecidas no país. Aqui está localizada na Av. Rouxinol, 576; Willi Willie Bar e Arqueria: Um bar épico, que ainda atrai turistas e paulistanos, tem es

MJ Imóveis 34 anos: legado, credibilidade e inovação no mercado imobiliário

Tempo de leitura: 3,5 minutos Transformar sonhos em realidade, desde 1986 este é o principal objetivo da MJ Imóveis, colaborar para que os clientes encontrem o lar que procuram.  Atuando há 34 anos em Moema a imobiliária, um negócio familiar, já realizou o sonho de milhares de pessoas. Por meio de muito trabalho, conhecimento e constante evolução, a empresa consolidou sua marca no bairro e atualmente é reconhecida pela habilidade em conciliar um atendimento personalizado ao know-how estratégico do mercado imobiliário, seja na compra e venda, locação ou administração de imóveis. Ao longo desses anos, além de se consolidar no setor, a imobiliária conseguiu criar uma relação de solidez e confiança com seus clientes – muitos deles parceiros desde o início do negócio.  Para a sócia-fundadora Maria José Malandrino o principal diferencial da MJ Imóveis é o relacionamento com o cliente. “Sempre prezamos pelas necessidades que nos trazem e auxiliamos no que for necessário. Queremos que a experi