Pular para o conteúdo principal

Decoração sustentável: saiba como decorar sua casa e colaborar com o meio ambiente

 

Freepik


Tempo de leitura: 2,5 minutos


O conceito de sustentabilidade, apesar de antigo, nunca esteve tão atual e necessário. As práticas sustentáveis estão, aos poucos, se tornando comum e mais presentes na vida de todos. Seja na separação do lixo, na troca de canudos de plástico por reutilizáveis ou nos produtos de higiene pessoal e multiuso. 

Neste contexto, diversos segmentos estão se adaptando e direcionando seus produtos para este perfil de consumidor. No setor de design e decoração não é diferente, os clientes já encontram  muitos artefatos para incluírem o estilo de vida sustentável nos móveis, adornos, reformas e outros itens como: pisos, revestimentos, iluminação e marcenaria.

Se você deseja mudar os seus hábitos e deixar a decoração da sua casa sustentável, veja algumas sugestões:

Reduza

A máxima da arquitetura “Menos é Mais” também serve para a decoração. Reduza, mas sem sacrificar o aconchego, claro. Antes de comprar, questione se o objeto será utilizado por um longo período ou algo que em pouco tempo será descartado.

Reutilize

Reforme móveis antigos, compre em antiquários ou na internet e reaproveite objetos que iam para o lixo, como garrafas de vidro.
Móveis de segunda mão e móveis reciclados feitos de paletes de transporte também são uma boa maneira de reduzir o desperdício, porque eles minimizam a necessidade de produzir novos materiais. 

Unsplash

Aproveite a luz natural

Maximize o uso da luz natural e evite o uso da iluminação artificial durante o dia. Quando houver excesso, pode-se controlar através de cortinas e persianas translúcidas, películas para vidros que ajudam na redução de calor e filtram os raios UV também são ótimas opções.
A iluminação natural também pode ser usada para criar efeitos cênicos.

Pexels

Aposte nas plantas

As plantas dentro de casa ajudam a filtrar o ar e têm grande capacidade de absorção de componentes poluentes. Seja em vasos ou em jardins verticais.
Cultivar uma horta também é uma opção saudável e sustentável, pois você terá acesso fácil a alimentos e temperos frescos.

Pixabay


Construção ou reforma

Na hora de construir ou reformar, pesquise opções de materiais que são ecologicamente corretos, como:
- Pisos de bambu e pastilhas de côco, que contribuem para a fixação de CO2;
- Espelhos Guardian, que apresentam menos teor de chumbo em sua composição;
- Peças em MDF certificado pelo FSC;
- Lâmpadas LED e fluorescentes, que consomem cerca de 85% a menos do que as lâmpadas comuns;

Pexels

Pixabay

Aproveite as dicas, colabore com o meio ambiente e deixe sua casa mais bonita.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Locador e locatário acertando as contas com o leão

O Imposto de Renda sobre aluguel é um tema que costuma gerar dúvidas e até erros na hora da declaração. É preciso ter muita atenção, pois a informação errada ou faltante pode causar sérios problemas, levando o contribuinte a cair na malha fina. Os aluguéis devem ser obrigatoriamente informados na Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física (DIRPF) de ajuste anual com base no valor dos aluguéis recebidos, que são refletidos nos informes de rendimentos fornecidos pela imobiliária no contrato de locação. O locador que  recebeu aluguel mensal no limite da isenção do Imposto de Renda também deve declarar. Isso é necessário porque esses valores serão contabilizados na renda total para calcular o valor de uma possível restituição. O pagamento do tributo é de responsabilidade do locador, quando o locatário for pessoa física. É importante que você esteja atento. Já que este ano a regra do Imposto de Renda estabelece que apenas o valor líquido do aluguel será tributado. Despesas como IPTU (Impo

6 atributos que fazem de Moema o bairro ideal

Tempo de leitura: 2,5 minutos Restaurantes renomados, diversidade de estabelecimentos comerciais, lazer e qualidade de vida. Parece difícil imaginar que tudo isso seja característica de um mesmo bairro em São Paulo, mas Moema é versátil e consegue oferecer aos moradores e visitantes diversas opções com a sofisticação de um bairro nobre e o bem estar de cidade do interior. - Localização Situado no centro-sul de São Paulo, o bairro nobre tem localização privilegiada e fácil acesso, seja de carro, ônibus, metrô ou bicicleta. A linha 5 Lilás do Metrô, faz conexão com com outras linhas: 1 Azul e 2 Verde. A Avenida Ibirapuera conta com um amplo corredor de ônibus que, atende as mais diversas áreas da cidade.  - Lazer e cultura Um dos primeiros bairros planejados da cidade e com planejamento urbano bem estruturado, Moema tem as ruas arborizadas e uma ampla área verde. Está ao lado do Parque do Ibirapuera, um dos principais da cidade, que conta com a Bienal, a Oca, o Museu de Arte Moderna (MAM

Reajuste do aluguel: como funciona e qual a interferência do IGP-M?

  Pixabay Tempo de leitura: 2,5 minutos Quem já está habituado a alugar imóvel sabe que anualmente ocorre o reajuste no valor do aluguel.  Conforme a Lei do Inquilinato (Lei 8.245/91), é permitido reajustar o valor do aluguel uma vez por ano, tanto para imóveis residenciais, quanto para comerciais. Esta atualização do valor acontece como um meio de evitar a desvalorização do imóvel e para prevenir que o proprietário tenha prejuízo com ganhos defasados em relação ao mercado e inflação. Por outro lado, deixar que o processo aconteça individualmente (pela vontade de cada locador) aumentaria a probabilidade de cobranças abusivas, por isso a definição de um índice como parâmetro é tão importante. Portanto, é fundamental que todas as especificações sobre o reajuste estejam no contrato de locação. Este tema torna a busca por uma imobiliária séria, que saiba te orientar corretamente e que tenha conhecimento sobre todas as informações a respeito deste assunto ainda mais importante. Como funcion