Pular para o conteúdo principal

Aproveite melhor o espaço do seu apartamento

Segundo um levantamento do Grupo Zap, de 2010 a 2019 a área útil média de apartamentos de um dormitório passou de 47m² para 30m². Esta mudança gerou uma necessidade de otimizar espaços dentro dos imóveis, usando a criatividade, inovando e buscando soluções em móveis que ajudem nesta organização. Neste caso, os planejados ganharam espaço, atendendo às necessidades dessa nova geração de imóveis. Mas com investimentos menores você pode contar com mobiliários versáteis que podem ajudar na construção dos espaços pequenos:

Confira algumas dicas para otimizar o seu apartamento: 

Organização 

A organização é sempre uma aliada. O ambiente arrumado permite que você perceba o que pode mudar ou ser aproveitado com mais facilidade. Mas se você tiver dificuldade, opte por móveis com portas.

Móveis multiuso

Este tipo de móvel funcional sempre tem mais de uma utilidade: mesa de centro organizadora, cama  com gavetas ou cama baú com amplo espaço debaixo do colchão, painel de TV com prateleiras, armário da área de serviço que vira bancada para passar roupa, sapateira com puff ou mesa reclinável. 

Espelho



Uma dica clássica e infalível! Os espelhos dão um toque de requinte, mas também ampliam o ambiente. Você pode usar na sala, corredores ou lavabos. Mas atenção: se sua sala tiver um lustre ou pendente, o espelho pode dar a sensação de poluição visual, tem que usar com sabedoria. 

Iluminação

Se sua casa for iluminada com luz natural, aproveite! A luz traz vida ao ambiente e também ajuda na impressão dele ser maior do que parece. Apenas fique atento com a luz solar nos móveis, pois pode manchá-los ou deteriorá-los. 
As cores claras na iluminação amplificam o local. Os balizadores são indicados, pois não ocupam muito espaço e iluminam bem.

Cortinas

Sim, até as cortinas bem escolhidas colaboram. Você pode optar entre cortinas ou persianas. Quando as cortinas são a melhor solução, o ideal é escolher cores similares à das paredes, criando um plano contínuo que faz o ambiente parecer maior.  Instale o suporte o mais próximo possível do teto, ao invés de logo acima da moldura da janela. Desse modo, passará a impressão de que as janelas são mais altas.

Cozinha

Prateleiras serão suas aliadas, seja para o microondas ou para eletrodomésticos. Aproveite os espaços em cima dos armários, caixas ou cestas organizadores podem ajudar. Ganchos para pendurar os utensílios como colheres e espátulas dão um charme especial. Divisórias nos armários e gavetas também são bem-vindas, uma boa ideia é separar os objetos por seção.

Nichos



Os nichos são práticos, porque combinam em qualquer cômodo. Podem ficar na sala, no quarto, no banheiro ou na cozinha. Você encontra em diversos tamanhos e o grande, tipo prateleira, pode ser usado para dividir ambientes.
Opções não faltam, use a criatividade e aproveite bem todos os cantinhos do seu apê!   



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

OS IMPACTOS DA PANDEMIA NO MERCADO IMOBILIÁRIO

Bem-vindo! Pensando em você, criamos este blog para que você possa acompanhar o mercado imobiliário nestes tempos de pandemia.
Entendemos que somos detentores de informações importantes e que precisamos compartilhá-las com você.
O primeiro conteúdo é um panorama geral sobre OS IMPACTOS DA PANDEMIA NO MERCADO IMOBILIÁRIO. Aproveite a leitura!

Começaremos esta semana falando um pouco do cenário econômico X imobiliário antes e no início da pandemia. O setor de venda e locação de imóveis vinha desde 2019 em uma curva crescentejuntamente com a ascensão da economia brasileira. A liquidez das transações imobiliárias (quantidade de transações), assim como os preços de mercado subiam exponencialmente como há muito tempo não víamos. As pesquisas mostram que o mercado sofreu forte queda no mesmo momento em que a crise foi anunciada. Há uma diferença no impacto causado nos imóveis comerciais e residenciais. Imóveis comerciais estão sofrendo diretamente pela queda de volume de vendas por causa d…

A INFLUÊNCIA DO CORONA VÍRUS NO MERCADO IMOBILIÁRIO, 2ª ONDA

Com base em pesquisas do setor imobiliário, em informações do DataZap, elaboramos um post com informações fresquinhas. É uma 2ª onda que está trazendo respostas sobre o que o Corona Vírus mudou nas finanças pessoais, nas expectativas de gastos com moradia e nas novas demandas para os profissionais do mercado.
É fundamental compartilhar com vocês que o cenário já melhorou desde o início da crise em nosso setor. O público aderiu e gostou das novas práticas tecnológicas, o que permitiu a retomada do fechamento de negócios.
Em uma pesquisa feita pelo DataZap, 75% do público-alvo era da região Sudeste e dentre eles, 91% residentes da Capital, maioria mulheres entre 25 e 36 anos que demonstram alto interesse na locação de imóveis (53%), superando a iniciativa de compra (31%). O índice se mostra alto para ambos os casos, indicando boa taxa de segurança dos consumidores e uma inclinação a fecharem negócios.
Um ponto importante a ressaltar é que 72% dos respondentes que demonstram interesse n…

QUEM SERÁ O POSSÍVEL CONSUMIDOR PÓS-CRISE?

Antes de traçar o novo perfil do consumidor 2020 pós-crise, vamos fazer um panorama do consumidor 2020 pré-crise. Todos os caminhos guiavam as gerações Y e Z para a praticidade e mobilidade. A evolução de serviços de recorrência (clubes por assinatura) como Spotfy e Netflix foi rápida. Avanços tecnológicos mudaram os hábitos de consumo e com isso os serviços pagos por mensalidade se tornaram mais frequentes, gerando a economia da recorrência. Os serviços de recorrência mudaram a forma com que as pessoas se relacionam com as compras. Quer dizer que: você não precisa mais adquirir um produto, apenas paga para ter acesso recorrente, por tempo determinado. É fácil relacionar este tipo de serviço ao aluguel de imóveis. Pensando ainda no consumidor 2020 pré-crise, a opção de locação de imóveis ao invés da compra, se tornou a escolha perfeita. Estamos falando de um consumidor que quer agilidade nos processos e negociações, conforme contamos no primeiro post do Blog (Os Impactos Da Pandemia…