Pular para o conteúdo principal

Ideias práticas para otimizar sua sacada pequena

(Fonte: Toda Decoração)
As sacadas, definitivamente, são um plus para qualquer imóvel. Seja para receber amigos, apreciar a vista ou aumentar o ambiente, elas sempre têm um lugar de destaque. Sacadas grandes são boas, não há dúvida, mas mesmo as pequenas podem ser confortáveis e fazer a diferença no seu dia a dia. Com algumas mudanças e planejamento, é possível deixá-las aconchegantes.
Para isso, é importante pensar na melhor maneira de aproveitá-la e saber como ela vai agregar à sua rotina. A sacada, mesmo pequena, pode ser o recanto das plantinhas, um lugar para relaxar, se integrar à sala, o seu cantinho da fé ou um espacinho aconchegante para descontrair com os amigos. Tudo isso, claro, de acordo com as suas limitações. O fundamental é harmonizar cada pedacinho dela.
Se você optar por móveis ou deck de madeira, lembre-se que é indicado utilizar uma resina para preservar o material. Existem diversos tipos disponíveis para diferentes acabamentos, hidrorrepelentes (que repelem a água) e com maior durabilidade. Consulte um profissional e saiba como proteger a madeira adequadamente.
Outra dica importante é priorizar as suas necessidades. Pense em como a sacada pode ser funcional para você e sua família e não deixe de lado a possibilidade de aumentar sua sala: retirar as portas da varanda, nivelar o piso e ganhar mais espaço.

Confira algumas ideias práticas:

Colocar grama sintética no chão;
Prateleiras com mão francesa para as plantas ou adornos;
Jardim vertical;
Transformar uma das paredes em lousa;
Utilizar móveis retráteis;
Optar por decks de madeira;
Futons e almofadas deixam o ambiente mais aconchegante;
Móveis planejados podem ajudar a driblar a falta de espaço.

Inspire-se:

(Fonte: Lídia Ramos)

(Fonte: Lídia Ramos)

(Fonte: modztud)

(Fonte: paudhaletnature)




Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

MJ Imóveis 34 anos: legado, credibilidade e inovação no mercado imobiliário

Tempo de leitura: 3,5 minutos Transformar sonhos em realidade, desde 1986 este é o principal objetivo da MJ Imóveis, colaborar para que os clientes encontrem o lar que procuram.  Atuando há 34 anos em Moema a imobiliária, um negócio familiar, já realizou o sonho de milhares de pessoas. Por meio de muito trabalho, conhecimento e constante evolução, a empresa consolidou sua marca no bairro e atualmente é reconhecida pela habilidade em conciliar um atendimento personalizado ao know-how estratégico do mercado imobiliário, seja na compra e venda, locação ou administração de imóveis. Ao longo desses anos, além de se consolidar no setor, a imobiliária conseguiu criar uma relação de solidez e confiança com seus clientes – muitos deles parceiros desde o início do negócio.  Para a sócia-fundadora Maria José Malandrino o principal diferencial da MJ Imóveis é o relacionamento com o cliente. “Sempre prezamos pelas necessidades que nos trazem e auxiliamos no que for necessário. Queremos que a experi

6 atributos que fazem de Moema o bairro ideal

Tempo de leitura: 2,5 minutos Restaurantes renomados, diversidade de estabelecimentos comerciais, lazer e qualidade de vida. Parece difícil imaginar que tudo isso seja característica de um mesmo bairro em São Paulo, mas Moema é versátil e consegue oferecer aos moradores e visitantes diversas opções com a sofisticação de um bairro nobre e o bem estar de cidade do interior. - Localização Situado no centro-sul de São Paulo, o bairro nobre tem localização privilegiada e fácil acesso, seja de carro, ônibus, metrô ou bicicleta. A linha 5 Lilás do Metrô, faz conexão com com outras linhas: 1 Azul e 2 Verde. A Avenida Ibirapuera conta com um amplo corredor de ônibus que, atende as mais diversas áreas da cidade.  - Lazer e cultura Um dos primeiros bairros planejados da cidade e com planejamento urbano bem estruturado, Moema tem as ruas arborizadas e uma ampla área verde. Está ao lado do Parque do Ibirapuera, um dos principais da cidade, que conta com a Bienal, a Oca, o Museu de Arte Moderna (MAM

Reajuste do aluguel: como funciona e qual a interferência do IGP-M?

  Pixabay Tempo de leitura: 2,5 minutos Quem já está habituado a alugar imóvel sabe que anualmente ocorre o reajuste no valor do aluguel.  Conforme a Lei do Inquilinato (Lei 8.245/91), é permitido reajustar o valor do aluguel uma vez por ano, tanto para imóveis residenciais, quanto para comerciais. Esta atualização do valor acontece como um meio de evitar a desvalorização do imóvel e para prevenir que o proprietário tenha prejuízo com ganhos defasados em relação ao mercado e inflação. Por outro lado, deixar que o processo aconteça individualmente (pela vontade de cada locador) aumentaria a probabilidade de cobranças abusivas, por isso a definição de um índice como parâmetro é tão importante. Portanto, é fundamental que todas as especificações sobre o reajuste estejam no contrato de locação. Este tema torna a busca por uma imobiliária séria, que saiba te orientar corretamente e que tenha conhecimento sobre todas as informações a respeito deste assunto ainda mais importante. Como funcion