Pular para o conteúdo principal

Seu espaço tem potencial para ser melhor, a gente te explica como.


Vem chegando o fim de semana, pensamos que uma leitura mais leve cairia bem para o fim de maio. O tema economia já pula na nossa tela o dia inteiro, certo?

É bom a gente pensar no dinheiro que entra ou deixa de entrar no nosso bolso, mas também é gostoso pensar em um espaço agradável para passarmos nossos dias de quarentena e também pensar no futuro, em como será a casa ideal para encararmos os novos modus vivendi.

O cantinho principal da nossa casa, hoje em dia, com certeza é o lugar de trabalho. O home office precisa ser confortável. Nem todos vão ter um espaço privativo, silencioso, longe das distrações da rotina de casa e por isso temos que tentar transformar o que temos no mais eficiente possível e por que não dizer prazeroso também? Vamos às dicas:

ü  Iluminação
Escolha um lugar iluminado preferencialmente pela luz natural. Se a sua janela estiver em frente à sua cadeira, a luz não irá atrapalhar com reflexos no monitor, porém pode atrapalhar a sua visão. O investimento em cortinas e persianas neste caso é super valioso.
Se o seu espaço não tiver uma janela para a rua, pense em ter uma luminária com lâmpada de luz amarela, ela é aconchegante e menos cansativa para os olhos.

ü  Cadeira
Durante esse tempo você já deve ter percebido que se sentar no banquinho da cozinha ou na cadeira da sala não é a melhor opção, certo? Muitas empresas estão oferecendo as cadeiras do próprio escritório aos funcionários, invista no frete, sua coluna agradecerá. Você pode também verificar opções de cadeiras em sites de revendas, como Enjoei e Mercado Livre. Com certeza você vai achar boas oportunidades.

ü  Acessórios
Fone de ouvido: Este item virou essencial para ouvir música sem atrapalhar quem esteja dividindo o mesmo ambiente que você e para infinitos calls e lives. Descobrimos por aqui que o fone de ouvido sem fio é um grande aliado da praticidade. A ausência de fios permite que você se levante da mesa de trabalho sem tirar os fones, que você tenha papeis e canetas à mão sem se confundir com fios e que também pegue o lápis que caiu no chão enquanto fala com a equipe sem parecer estabanado. Você pode fazer uma aula de Yoga com fones, por exemplo, sem que ninguém (além de você) ouça a aula e o áudio ficará em um bom volume, sem precisar ficar perto do dispositivo

ü  Visual
A gente sabe que trabalhar e conviver em ambientes aconchegantes é muito mais prazeroso. As atividades do dia ficam mais leves. Despenda um tempo para organizar o espaço em que você estará a maior parte do tempo. Tire pó dos livros da prateleira, retire do ambiente o que não é necessário (aproveite para fazer aquela limpa), dê um aroma e uma cor para aquele ambiente. Um difusor pode dar um novo significado para seu cômodo. Por último, mas não menos importante: coloque vida em sua vida. Plantas e flores trazem cor e natureza para dentro da sua casa, deixando tudo mais vivo e fresco. Peça para aquele amigo que tem uma Árvore da Felicidade para te presentear com um pezinho. Com apenas uma mensagem no Whats App e um frete você resolve esta questão.

Manda uma foto do ambiente que você escolheu? Estamos curiosos para saber como vocês estão vivendo esses dias por aí: contato@mjimoveis.com.br.

Aqui algumas inspirações para você transformar seu espaço:




 













Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

OS IMPACTOS DA PANDEMIA NO MERCADO IMOBILIÁRIO

Bem-vindo! Pensando em você, criamos este blog para que você possa acompanhar o mercado imobiliário nestes tempos de pandemia. Entendemos que somos detentores de informações importantes e que precisamos compartilhá-las com você. O primeiro conteúdo é um panorama geral sobre OS IMPACTOS DA PANDEMIA NO MERCADO IMOBILIÁRIO. Aproveite a leitura! Começaremos esta semana falando um pouco do cenário econômico X imobiliário antes e no início da pandemia. O setor de venda e locação de imóveis vinha desde 2019 em uma curva crescente   juntamente com a ascensão da economia brasileira. A liquidez das transações imobiliárias (quantidade de transações), assim como os preços de mercado subiam exponencialmente como há muito tempo não víamos. As pesquisas mostram que o mercado sofreu forte queda no mesmo momento em que a crise foi anunciada. Há uma diferença no impacto causado nos imóveis comerciais e residenciais. Imóveis comerciais estão sofrendo diretamente pela queda de v

MJ Imóveis 34 anos: legado, credibilidade e inovação no mercado imobiliário

Tempo de leitura: 3,5 minutos Transformar sonhos em realidade, desde 1986 este é o principal objetivo da MJ Imóveis, colaborar para que os clientes encontrem o lar que procuram.  Atuando há 34 anos em Moema a imobiliária, um negócio familiar, já realizou o sonho de milhares de pessoas. Por meio de muito trabalho, conhecimento e constante evolução, a empresa consolidou sua marca no bairro e atualmente é reconhecida pela habilidade em conciliar um atendimento personalizado ao know-how estratégico do mercado imobiliário, seja na compra e venda, locação ou administração de imóveis. Ao longo desses anos, além de se consolidar no setor, a imobiliária conseguiu criar uma relação de solidez e confiança com seus clientes – muitos deles parceiros desde o início do negócio.  Para a sócia-fundadora Maria José Malandrino o principal diferencial da MJ Imóveis é o relacionamento com o cliente. “Sempre prezamos pelas necessidades que nos trazem e auxiliamos no que for necessário. Queremos que a experi

A INFLUÊNCIA DO CORONA VÍRUS NO MERCADO IMOBILIÁRIO, 2ª ONDA

Com base em pesquisas do setor imobiliário, em informações do DataZap, elaboramos um post com informações fresquinhas. É uma 2ª onda que está trazendo respostas sobre o que o Corona Vírus mudou nas finanças pessoais, nas expectativas de gastos com moradia e nas novas demandas para os profissionais do mercado. É fundamental compartilhar com vocês que o cenário já melhorou desde o início da crise em nosso setor. O público aderiu e gostou das novas práticas tecnológicas, o que permitiu a retomada do fechamento de negócios. Em uma pesquisa feita pelo DataZap, 75% do público-alvo era da região Sudeste e dentre eles, 91% residentes da Capital, maioria mulheres entre 25 e 36 anos que demonstram alto interesse na locação de imóveis (53%), superando a iniciativa de compra (31%). O índice se mostra alto para ambos os casos, indicando boa taxa de segurança dos consumidores e uma inclinação a fecharem negócios. Um ponto importante a ressaltar é que 72% dos respondentes que demonstram