Pular para o conteúdo principal

A INFLUÊNCIA DO CORONA VÍRUS NO MERCADO IMOBILIÁRIO, 2ª ONDA


Com base em pesquisas do setor imobiliário, em informações do DataZap, elaboramos um post com informações fresquinhas. É uma 2ª onda que está trazendo respostas sobre o que o Corona Vírus mudou nas finanças pessoais, nas expectativas de gastos com moradia e nas novas demandas para os profissionais do mercado.

É fundamental compartilhar com vocês que o cenário já melhorou desde o início da crise em nosso setor. O público aderiu e gostou das novas práticas tecnológicas, o que permitiu a retomada do fechamento de negócios.

Em uma pesquisa feita pelo DataZap, 75% do público-alvo era da região Sudeste e dentre eles, 91% residentes da Capital, maioria mulheres entre 25 e 36 anos que demonstram alto interesse na locação de imóveis (53%), superando a iniciativa de compra (31%). O índice se mostra alto para ambos os casos, indicando boa taxa de segurança dos consumidores e uma inclinação a fecharem negócios.

Um ponto importante a ressaltar é que 72% dos respondentes que demonstram interesse na compra, buscam imóveis de até R$ 400 mil. Veja abaixo:




Se você possui um imóvel à venda acima deste valor (R$ 400 mil), deve pensar nas estatísticas. Qual porcentagem do público está desejando um imóvel como o seu? De acordo com o gráfico, chegamos à conclusão de que se seu imóvel está acima desta faixa de preço e fora do valor de mercado, as chances de você concretizar uma venda são baixas pela junção dos fatores. Imagine que entre 10 pessoas, somente três tenham interesse pelo seu imóvel. A demanda é baixa, por isso o valor e a abordagem para este cliente precisam ser diretos afim de não perdê-lo. Uma abordagem direta inclui um bom atendimento, boa apresentação do imóvel (estética) e principalmente valor condizente ao mercado. Hoje podemos dizer que a maioria dos imóveis que estão anunciados em nossa região de atuação (Moema) para venda, estão muitas vezes sem limpeza, sem luz, impossibilitando boa visualização dos cômodos e em média 30% acima do valor real. A tendência dos proprietários é colocar valor sentimental nos imóveis, supervalorizando o bem e assim não concretizam as vendas.

O mesmo se aplica para os valores de locação de imóveis. A grande demanda está para locações entre R$ 1 mil e R$3 mil. Acima de R$ 5 mil somam-se somente 4% da busca, o que faz o proprietários destes imóveis terem que ser ainda mais assertivos.




Nesta última pesquisa do DataZap pudemos verificar que a diminuição das buscas de imóveis para compra ocorreu em sua maioria pela insegurança financeira, compreensível neste momento. 40% dos entrevistados dizem que suas finanças foram afetadas e permanecerão impactadas de 2 a 6 meses.

Veja agora um gráfico onde mostra a prioridade dada a certos aspectos em uma moradia após a pandemia:




Se você é investidor e está de olho no seu próximo imóvel, fique atendo à esses aspectos para efetivar seu negócio.

A expectativa da maioria dos profissionais do mercado é que a retomada do setor se dê no primeiro trimestre de 2021, sendo uma média de 7 meses para se restabelecer. Nosso dia a dia tem nos mostrado que a segurança do consumidor será retomada a cada mês, com uma melhora gradativa até que os números voltem ao mesmo patamar de antes.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Locador e locatário acertando as contas com o leão

O Imposto de Renda sobre aluguel é um tema que costuma gerar dúvidas e até erros na hora da declaração. É preciso ter muita atenção, pois a informação errada ou faltante pode causar sérios problemas, levando o contribuinte a cair na malha fina. Os aluguéis devem ser obrigatoriamente informados na Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física (DIRPF) de ajuste anual com base no valor dos aluguéis recebidos, que são refletidos nos informes de rendimentos fornecidos pela imobiliária no contrato de locação. O locador que  recebeu aluguel mensal no limite da isenção do Imposto de Renda também deve declarar. Isso é necessário porque esses valores serão contabilizados na renda total para calcular o valor de uma possível restituição. O pagamento do tributo é de responsabilidade do locador, quando o locatário for pessoa física. É importante que você esteja atento. Já que este ano a regra do Imposto de Renda estabelece que apenas o valor líquido do aluguel será tributado. Despesas como IPTU (Impo

6 atributos que fazem de Moema o bairro ideal

Tempo de leitura: 2,5 minutos Restaurantes renomados, diversidade de estabelecimentos comerciais, lazer e qualidade de vida. Parece difícil imaginar que tudo isso seja característica de um mesmo bairro em São Paulo, mas Moema é versátil e consegue oferecer aos moradores e visitantes diversas opções com a sofisticação de um bairro nobre e o bem estar de cidade do interior. - Localização Situado no centro-sul de São Paulo, o bairro nobre tem localização privilegiada e fácil acesso, seja de carro, ônibus, metrô ou bicicleta. A linha 5 Lilás do Metrô, faz conexão com com outras linhas: 1 Azul e 2 Verde. A Avenida Ibirapuera conta com um amplo corredor de ônibus que, atende as mais diversas áreas da cidade.  - Lazer e cultura Um dos primeiros bairros planejados da cidade e com planejamento urbano bem estruturado, Moema tem as ruas arborizadas e uma ampla área verde. Está ao lado do Parque do Ibirapuera, um dos principais da cidade, que conta com a Bienal, a Oca, o Museu de Arte Moderna (MAM

Reajuste do aluguel: como funciona e qual a interferência do IGP-M?

  Pixabay Tempo de leitura: 2,5 minutos Quem já está habituado a alugar imóvel sabe que anualmente ocorre o reajuste no valor do aluguel.  Conforme a Lei do Inquilinato (Lei 8.245/91), é permitido reajustar o valor do aluguel uma vez por ano, tanto para imóveis residenciais, quanto para comerciais. Esta atualização do valor acontece como um meio de evitar a desvalorização do imóvel e para prevenir que o proprietário tenha prejuízo com ganhos defasados em relação ao mercado e inflação. Por outro lado, deixar que o processo aconteça individualmente (pela vontade de cada locador) aumentaria a probabilidade de cobranças abusivas, por isso a definição de um índice como parâmetro é tão importante. Portanto, é fundamental que todas as especificações sobre o reajuste estejam no contrato de locação. Este tema torna a busca por uma imobiliária séria, que saiba te orientar corretamente e que tenha conhecimento sobre todas as informações a respeito deste assunto ainda mais importante. Como funcion